Vinhos

O processo de produção do vinho de talha é um sistema ancestral trazido para a Península Ibérica pelos Romanos. Onde a talha de barro tem uma dupla finalidade, a fermentação e a guarda-estagio-sedimentação do vinho. O essencial da vinificação em talha pouco mudou em mais de dois mil anos. Em traços gerais, as uvas são colocadas dentro das talhas...

O processo de produção do vinho de talha é um sistema ancestral trazido para a Península Ibérica pelos Romanos. Onde a talha de barro tem uma dupla finalidade, a fermentação e a guarda-estagio-sedimentação do vinho. O essencial da vinificação em talha pouco mudou em mais de dois mil anos. Em traços gerais, as uvas são colocadas dentro das talhas e a fermentação ocorre espontaneamente.

     Diz-se que algures na Geórgia (Cáucaso), aqui há mais ou menos 9 mil anos, alguém se esqueceu de um pote de barro com uvas esmagadas lá dentro, foi ver, provou, gostou era vinho.

     Em Portugal, a principal região produtora de vinho de talha é o Alentejo, sendo Vila de Frades considerada a "capital" do vinho de talha. 

     O vinho de talha encontra-se regulamentado na CVRA, como vinho DOP Alentejo, e as normas exigem e a fiscalização comprova no local que o vinho de talha, para ser considerado como tal, só pode ser separado das massas no dia 11 de Novembro, ou depois. Nós ACV, em geral só separamos o líquidos massas nos finais de Dezembro.

     Promovida pela Câmara Municipal da Vidigueira e com o envolvimento de 27 instituições, entre municípios do Alentejo e outras entidades, está a ser preparada, neste momento, a candidatura da produção do vinho de talha a Património Cultural Imaterial da UNESCO. No âmbito da candidatura e como o objetivo de promover e valorizar este produto o Centro Interpretativo do Vinho de Talha de Vila de Frades irá abrir as suas portas brevemente.

Mais

Vinhos Existem 10 produtos.

Mostrando 1 - 10 de 10 itens
Mostrando 1 - 10 de 10 itens